Dia da Mentira, 1º. De abril

Existem muitas explicações de como dia 1º. De abril se tornou o dia da mentira, mas quero falar de fatos verdadeiros constatados, perante a gestão de mentiras desta prefeitura.

Este é o primeiro dia do mês que, no ano passado, desencadeou a maior decepção popular na história desta cidade. Não quer dizer que não houvesse insatisfações, havia bastante, mas a partir dos acontecimentos do ano anterior, muitos que ainda acreditavam numa mudança se viram traídos e decepcionados.

Professores sem receberem pelas reivindicações anteriores, após firmarem compromissos bilaterais; a ponte da Mumbuca já inicia a obra, que parece nunca ter fim, a ponte da Barra-Guaratiba já construída diversas vezes e ainda não existe in loco, a passagem para pedestres em Itaipuaçu, e tantas outras que surgirão, somam àquelas que desde o início desta gestão nunca foram resolvidas, entretanto se tornaram ainda maiores.

A Cidade vem sendo invadida por indivíduos miseráveis, sem tetos, mendigos, assim como as ruas do centro o comércio de rua afasta o cliente das lojas e impossibilita a passagem, não só diante a concorrência desleal já que estes em sua maioria são trabalhadores informais, e sim pelo difícil tráfego o cheiro e a sujeira.

As pichações na Casa de Cultura, cada vez mais decadente e por toda a cidade; mesas, bancos e demais estruturas na Praça Orlando de Barros estão vandalizadas, há um ano! A população continua indignada com o Hospital Conde Modesta Leal. Da Maricá que a tantos encantou nas décadas de 60 a 80 não existe nada. Nem mesmos as famílias circulando em passeio por lá. Triste constatação.

O que mais precisamos para ir ás ruas unidos? Num grito coletivo para afirmamos ao menos que isto seja reparado. Não podemos permitir criminosos saírem impunes. Estes são todos que se calam diante do amadorismo e corrupção. Inclusive aqueles que vêm se negando a enxergar o que sua omissão está trazendo de mal para a coletividade, assim como em seus poderes vem compactuando com tantas improbidades.

Ana Paula de Carvalho, membro do Movimento LUTO por Maricá

Anúncios

Sobre Ana Paula Carvalho Silva

apc_anapaula@hotmail.com
Esse post foi publicado em Denúncias, Início, Maricá, Opinião. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s